210 views

23 de abril de 2014

Primeiramente boa noite #24 – Salve Jorge

Por Girls With Style / gws@girlswithstyle.com.br

primeiramente boa noite #24

Hoje é dia de São Jorge e eu adoro a Glória Perez. As novelas dela mostram aquele outro lado do mundo (literalmente) dessa coisa meio Marrocos e tal. Tentei trabalhar recentemente com essa parte árabe do mundo mas não obtive sucesso por conta da não-pré disposição amorosa desse outro lado. Mas já vi que é um território que muito me interessa. Voltei a ver Skins e meu personagem favorito é o Anwar, mulçumano e sendo assim, louco do sexo. Essa coisa de ter várias mulheres é realmente surreal. É muito gás e energia. Falando de novela, acho legal falar sobre Em Família, do Maneco, que é praticamente uma prova do líder (de resistência) pra assistir um capítulo inteiro. No fundo ela é boa, é tão surreal que é boa. Esse mundo Leblon que jamais vai existir uma estação de metrô é no mínimo lisérgica. Pra quem não sabe, vai ter uma estação de metrô no bairro e todos querem surtar. Vai ter Copa também, sempre bom lembrar. Ainda falando sobre esse mundo televisivo, assisti recentemente duas entrevistas de dois atores, Mateus Solano e Caio Castro, e eu realmente consegui ver a divisão do mundo atual. O mundo Caio é um mundo de praia, mar e sol, de corpo escultural, de tatuagem do Mickey e zueira jovem. O mundo Mateus é o mundo real, onde você precisa lutar muito pra fazer algo grandioso e realmente ganhar destaque, como no papel dele de Félix, por exemplo. O cara é um monstro mas precisou de muito trabalho pra se mostrar grande. Mundo Caio não, malhou, pegou geral, entrou na Malhação e deslanchou. Sem tirar o mérito de ninguém, mas assim, só dizendo que o mundo real é o Mateus e o mundo Caio é 1 em 1000000. Caio, cê é fera, vamos sair pruma cervejinha. Me bipa!

Essa coluna precisa falar sobre esse assunto tão polêmico. Mais polêmico que qualquer mamilo da praia. Em todos os sites, a mesma chamada: “Conheça os ‘g0ys’, homens que se relacionam entre si, mas dizem não ser gays”. O mundo tá bem loco e a galera perdeu a noção. De acordo com a ideologia deles, os caras podem manter relações com pessoas do mesmo sexo desde que não haja penetração. Amigo, cê tá de sacanagem, né? Tô parado aqui porque não tenho o que dizer mesmo, só que as pessoas estão completamente perturbadas. Tanta gente aí que nem saiu do armário ainda e vem vocês com mais essa.

Sobre amizade. Sonhei três vezes na última semana com meu ex melhor amigo. De infância, daquele que você vivia grudado, que você dava satisfação se você ia no supermercado com a sua mãe. A gente tinha o mesmo celular e criava no MSN um emoticon só nosso. Eu acho que eu sinto falta disso, de ter um amigo pra falar sobre tudo e qualquer coisa. De ter um amigo pra fazer nada. Na verdade isso também faz parte do crescimento, começamos a fazer muito mais coisas, ter mais compromissos, mas mesmo assim eu sinto falta. O rumo dele foi tão diferente do meu e faz todo sentido a gente não se falar mais. São 5, 6 anos já. Amizade é um pouco de relacionamento sim. Tem crise, tem briga, tem empréstimos bancários, tem amor. Se você me perguntar o real motivo da “nossa separação” eu não vou saber dizer. Esqueço tudo, ponho panos quentes, deixo estar. A gente vive muito melhor assim, paz e tranquilidade. Hoje sou “casado” com outros vários amigos, mas relembrar é viver. Origens e valores. João, eu tenho saudade de você. Espero que esteja bem. E feliz.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)

Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr

assinatura gian

Tags:

1 comentarios

  • Compartilhe:
474 views

17 de abril de 2014

Dica de app: Duolingo

Por Girls With Style / gws@girlswithstyle.com.br

Duolingo-banner

Nem todo mundo é assim, mas eu tenho uma vontade louca de aprender todos os idiomas do mundo pra poder criar laços com qualquer ser humano que apareça na minha frente. Dói minha alma quando viajo pra fora ou conheço algum gringo aqui no Rio e não posso falar tudo que tô pensando na hora. Quero poder conversar direito, saber o que aquela pessoa pensa da vida, quantos namorados ou namoradas ela já teve ou tem, se ela acredita em casamento, se ela acredita em Deus, se ela acredita em astros pop. E claro dar a minha opinião e argumentar sobre tudo isso também. Afinal não são só os brasileiros que merecem saber o quanto eu sou chata e sou semelhante a uma vitrola louca.

Por isso (e também porque eu fico facilmente viciada em qualquer besteira, tipo candy crush), eu fiquei instantaneamente com MANIA desse Duolingo. Qualquer espacinho livre que tenho no meu dia, uso pra dar uma praticada. Eu decidi fazer italiano agora, já que eu adoro a Itália e tenho alguns amigos por lá. E o melhor, pratico inglês E italiano ao mesmo tempo, porque eles não tem português/italiano.

O Duolingo está disponível como site aqui: www.duolingo.com/pt e dá pra fazer download do app pra android ou iPhone. Nem todos os idiomas estão disponíveis para aprendizado a partir do português, a maioria é a partir do inglês (mas aí né gente é só perseverar, aprender o inglês primeiro e depois ir em frente ;) o impossível não existe).

Além de estar aprendendo a ler, escrever, falar e entender pelo bendito App, tomei outras providencias pra praticar meu italiano. A primeira delas foi criar uma playlist só de músicas nesse idioma. Pretendo imprimir as letras e traduzir pra depois conferir também. Depois, fui caçar uns filmes italianos. Por fim, ontem tive uma ideia maravilhosa, mudei o idioma do meu Iphone, automaticamente, todos os programas mudam também e agora leio italiano o dia todo.

Pra quem ficou curiosa, essa é a minha playlist. E os filmes que tão na minha lista por enquanto são: Habemus Papam e La Grande Bellezza (vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro desse ano) que estão disponíveis pra aluguel lá no Apple TV. Sugestões de livros, filmes, música são extremamente bem-vindas hein, meninas?

Vale muito a pena! Pretendo chegar lá na Itália esse ano parlando molto <3.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)
Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:
Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr
 
assinatura Isa

Tags:

5 comentarios

  • Compartilhe:
489 views

16 de abril de 2014

Primeiramente boa noite #23 – Tempo de ovos

Por Girls With Style / gws@girlswithstyle.com.br

Por Gian Lucca:

23

Nesse tempo chuvoso eu só quero pra sempre meu tapete de pêlos-creme-sintético, um Caetaninho na vitrola e aquele lá. Como sempre, eu falo tudo mas não falo nada. O pior é que a gente já é meio íntimo, vocês já sabem muito mais coisas. É engraçado isso da internet. Você conhece a pessoa sem conhecer. E na verdade nem precisa conhecer. Me lembrou o filme Her, que o cara se apaixona pela mina do sistema operacional. Puta filme. Não entrou pro meu top 3 porque é muito difícil bater Titanic, Outono em Nova York e Em Algum Lugar do Passado, mas bateu na trave. Queria ter chorado mais. Tem graça nenhuma amor que não sofre. Amor é sofrido até em música de axé, funk, rock. Tem que se foder.

Eu não tenho uma opinião formada sobre a páscoa. Acho bacana a parte dos ovos, mas costumo não trabalhar nessa área por uma opção de vida e saúde mesmo. Na verdade depende do ovo. Tem ovos que são gostosos, as vezes tem aquela diferença de cor. Não sei explicar. Mas é sempre bom aqueles ovos que tem uma surpresa. Macios. Todo mundo curte uma surpresa, uma zoeira. Mas é realmente um segmento que costumo não passar. Tô dizendo do corredor do supermercado, claro. Acho burocrática a coisa da carne, do corpo de Cristo e tal, mas tudo bem, eu também não como carne na sexta santa, no máximo um enroladinho de presunto e queijo, porque aí não conta. Misto quente pode rolar também. Não pode passar fome. A night da quinta só não pode ter larica no McDonalds, que fica ainda mais irresistível com essa promoção que você tira os selinhos e ganha mais comida. Cara, ninguém junta vários selos pra ganhar um carro. A gente curte o nuggets de 4. É sempre muito difícil quando chego no Mc pra fazer meu pedido: “Oi, quero um cheddar especial pão/carne/queijo com coca e batata grande. Ah, pode colocar um nuggets de 4 também. Débito.” Pensa num nuggets de 4. Toda semana a mesma coisa.

Dedinhos, da Eliana, foi meu primeiro vinil. Assim como meu primeiro cd foi da Débora Blando, que comprei junto com um do Charlie Brown Jr. Tempos depois lembro de ter comprado É O Tchan (do Havaí) e pouco mais pra frente Let Go, da Avril Lavigne. Ou seja, isso mostra que todas as músicas que você ouvia na infância não faz sentido nenhum na vida adulta. Melhor assim. Há quem diga que o primeiro cd comprado foi do Nirvana, outros vão ser mais verdadeiros e assumir que foi da Shakira. Isso é tão legal. Saber qual foi o teu primeiro disco/cd é muito legal. Outros mais clássicos vão dizer Sandy e Junior. Acho que preciso fazer um post só sobre essa dupla. A evolução de Sandyjunior. Sim, pra mim e pra 80% da população Sandy e Junior não são separados, são simplesmente Sandyjunior. Eles não comem, não bebem, não fazem sexo com pessoas. Eles são a lenda dessa paixão que pula, pula e pula, que faz um dig-dig-joy imortal nas quatro estações. Mãe, suspende o ácido do moço.

Curtiu o post? Que tal dar uma forcinha e ajudar a gente a divulgar o GWS? Dá um like, compartilha, um tuite também vale! :)
Ah, e pra saber mais do nosso universo encantado, é só seguir a gente nas redes sociais:

Instagram // Twitter // Facebook // Tumblr

assinatura gian

Tags:

4 comentarios

  • Compartilhe: